O ISEP Portugal INSEAD SOCIAL ENTREPRENEURSHIP PROGRAMME é um programa pioneiro a formar empreendedores sociais ou gestores de iniciativas sociais já implementadas, capacitando-os para lidarem com os desafios no terreno e equipando-os para acelerar o crescimento e potenciar o impacto social.

Consiste numa semana intensiva de formação com um equilíbrio entre conhecimento académico e análise de casos práticos sobre a inovação em modelos de negócio, gestão de organizações híbridas, liderança, medição de impacto e processos de crescimento.


S4I.png

O PROGRAMA:

O ISEP Portugal desenrola-se de forma contínua e dinâmica em 5 dias intensivos, utilizando conteúdos e formadores do INSEAD, aliado à apresentação de modelos e ferramentas, painéis com convidados, partilha dos participantes e resolução de casos reais.

 

Benefícios:

/ CAPACITAÇÃO em áreas-chave de gestão e Inovação Social, com a aprendizagem de novas técnicas e ferramentas

/ APRENDIZAGEM e alargada rede de contactos

/ INSPIRAÇÃO e INJEÇÃO DE ENERGIA para continuar a mudar o mundo

/ Acesso a REDE global de Empreendedores Sociais, com um conjunto de vantagens exclusivas do INSEAD

 

A quem se destina:

Dirigido a Empreendedores Sociais com iniciativas já implementadas, equipando-os para acelerar o seu desenvolvimento e potenciar o impacto social.

Dirige-se ainda a investidores, gestores e investigadores do setor social que pretendam entender a lógica do Empreendedorismo Social e como melhor podem apoiar iniciativas de excelência. É encorajada a participação de pessoas dos 3 setores: privado, público e social.


Preço:

1500€/ pessoa

Inclui refeições, coffee-breaks e todos os materiais de formação.

 

Horário:

segunda a sexta: todo o dia

 

Locais/ Datas:

CASCAIS: 6 a 10 de novembro


O ISEP Portugal, pelo seu formato intensivo, possibilita a partilha e a discussão, abrindo os horizontes para novas abordagens e leituras da gestão que fazemos às nossas organizações e projetos. Três anos após a participação nesta formação, mantenho as fortes ligações que nasceram nessa semana e que possibilitaram novos processos colaborativos entre pessoas e organizações.
— Kátia Almeida, Participante do I ISEP Portugal, Cascais, 2011